Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Jair Bolsonaro aguarda alta médica para tocar reforma da Previdência.

11/02/2019

A melhora do estado de saúde de Jair Bolsonaro, nos últimos dias, cria a expectativa de uma alta médica do presidente já nesta semana. Brasília aguarda a volta do chefe do Executivo federal para definições importantes, como os pontos cruciais do projeto do Governo para a reforma da Previdência, a ser enviado ao Congresso Nacional antes do fim deste mês.

Bolsonaro foi submetido à cirurgia de reconstrução do trânsito intestinal e retirada de uma bolsa de colostomia no dia 28 de janeiro.

O presidente permanece sem febre e apresenta boa evolução clínica, informou boletim médico divulgado pelo Hospital Israelita Albert Einstein, na tarde deste domingo . O quadro de pneumonia, diagnosticado na última quinta-feira, melhorou significativamente, mas continua sendo tratado com os mesmos antibióticos.

Bolsonaro almoçou, neste domingo, creme de mandioca com carne, gelatina e suplementos. O presidente segue sob avaliação médica e ainda não há previsão oficial de alta. Na sexta-feira passada, o jornalista Carlos Nascimento afirmou que recebera um telefonema de Bolsonaro e que o presidente lhe dissera que pretendia sair do hospital hoje. Procurada, a Presidência da República informou que a alta será dada "no momento oportuno".

Bolsonaro continua fazendo exercícios de fortalecimento muscular e de respiração.

Na manhã deste domingo, Bolsonaro caminhou cinco vezes por um corredor, ida e volta, e, segundo a assessoria, conseguia andar mais rapidamente do que no sábado. À tarde, ele andou mais um pouco e fez fisioterapia. Bolsonaro não precisa mais do apoio do andador para caminhar. Por insistência médica, as visitas permanecem restritas. Bolsonaro passou o dia acompanhado da mulher, Michelle Bolsonaro, e do filho Carlos.

Segundo a Presidência, Bolsonaro passa os dias no telefone e assistindo à TV. Neste domingo, Bolsonaro divulgou um vídeo em que, do seu leito, reconhece que nem todos os brasileiros têm acesso a tratamentos médicos como o usufruído por ele no Albert Einstein e promete melhorar o SUS.



Total de acessos: 249892

Visitantes online: 1